Festa dos Pretos Velhos

pretovelho

O percurso da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, sempre esteve em diálogo com o Templo de Umbanda Mãe Joana Três Estrelas, ao qual Mestre Dudu, o filho mais velho de Dito Ribeiro e sua esposa Mãe Edna de Oxum (in memorian), sempre mantiveram acesas as chamas dessa religiosidade ancestral.

Com a inserção de vários familiares e de integrantes na comunidade neste terreiro, a participação na festas de Pretos Velhos, em 13 de maio, se tornaram uma homenagem da comunidade aos ancestrais que dançaram o jongo nas senzalas.

Além da festa de 13 de maio, participam da festa de Cosme e Damião, de 27 de setembro, ao qual a comunidade realiza rodas de jongo, marcando a relação histórica e espiritual do jongo com as religiões de matrizes africanas. Os mais velhos da Comunidade têm papel fundamental no Terreiro.