Caravana Centro De Referência Jongo – Quinta Parada: “Piquete – Comunidade Jongo de Piquete”

IMG_1349

” Ô Galo Rosa,

Tenha dó do meu pená,

Minhas penas são douradas galo sereno,

Eu tenho medo de morar na engoma ”

(Ponto do Jongo de Piquete)

IMG_1849

Hoje fomos até Lorena-SP, para nos encontrarmos com o Mestre Gil do Jongo de Piquete-SP, lá fizemos umas paradinha de 10 minutinhos até que ele chegasse para nos guiar até Piquete, aonde iríamos ficar e começar nossos trabalhos.

Chegando, fomos muito bem recebidos por sua família, Élida Liderança do Jongo de Piquete, sua mãe Dona Vera Lucia, Suellen sua irmã e seus dois filhos, Letícia e João que nos apresentaram sua casa e quintal imenso, com ferramentas de que ainda irão construir mais três quartos.

IMG_1501

Mestre Gil conta que é nesse quintal maravilhoso aonde acontece a grande Festa de Santo Antônio realizada pelos jongueiros, que recebe aproximadamente 300 pessoas e um fogão a lenha gigantesco…

IMG_1466

Almoçamos por ali mesmo: arroz, feijão gordo, costelinha e salada de alface, tomates cereja, com almeirão, uma delícia!!

Terminamos de comer e já nos direcionamos até o Hotel aonde iríamos ficar, o Vale das Colinas.

Um lugar imenso, muito acolhedor com uma piscina para relaxarmos rsrs. Depois de um pequeno momento de lazer, nos aprontamos e já tratamos de ir pra casa do Mestre Gil, aonde iríamos realizar nossa roda de conversa. Ao chegarmos, alguns membros do Jongo de Piquete nos receberam com sorrisos e felicitações de saudades e logo sentimos o calor do fogão a lenha, que já estava ligado sendo conduzido pelo Mestre Gil, com a Canjiquinha e torresmos no fogo!

IMG_1632

Sentamos todos no quintal para a Oficina de Torços e Turbantes com as irmãs Jongueiras de Dito Ribeiro Dandewara e Noélia, até que o Mestre Gil estivesse pronto para conversamos.

IMG_1550

Incrível como as Mulheres do Jongo de Piquete se sentiram empoderadas com os Torços e Turbantes nas cabeças, e as crianças não queriam tirar por nada!

IMG_1581

Jantamos a Canjiquinha com torresmo do Mestre Gil, tão saborosa quanto as outras que já experimentamos nessa nossa Caravana de Pesquisa de Campo.

Já eram 23h e ainda não tínhamos começado nossos trabalhos de entrevistas, com o ritmo de viagem entre estrada e cidades estávamos bem cansados, então, decidimos fazer a parte da entrevista no dia seguinte.

IMG_1617

” O que é que o Quico quer

O Quico quer caqui (2x)

Que caqui que o Quico quer

Quico quer qualquer caqui (2x) ”

(Ponto do Jongo de Piquete)

IMG_1355

Acordamos e tomamos o café da manhã na pousada mesmo… Na hora do almoço já nos encaminhamos até a casa do Mestre Gil para começarmos nossas atividades do dia, fomos recebidos com a lenha do Fogão já quentíssima e uma farofa deliciosa no fogo, almoçamos e depois fomos conhecer alguns pontos da cidade de Piquete-SP que o Mestre Gil fez questão de nos apresentar…

O primeiro lugar que fomos, foi a vista do bairro Caixa D’água, uma montanha gigantesca aonde enxergamos além do bairro da comunidade de jongo a fábrica de Armamento Bélico do Brasil.

IMG_1721

O segundo foi a Serra da Mantiqueira, aonde tinha uma Tirolesa imensa de quase 1 quilomêtro, construída por um senhor de 84 anos que aos 79 desceu pela primeira vez, Seu Josildo. É considerada a segunda maior do Brasil… Bianca, Noélia, Luanda e Alessandra Mestre e Liderança da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, Felipe e Neander dos registros se aventuraram e foram experimentar essa aventura, inesquecível… Disseram que deu muito frio na barriga, mas que a sensação de ver aquela paisagem era emocionante!

tirolesa

Brindamos a superação da nossa Mestre e Liderança Alê Ribeiro que não ia em esportes radicais aproximadamente há 10 anos e pertinho dos seus 4.0 de idade que irá completar daqui alguns dias.

A felicidade estampada no rosto de cada um era contagiante!!!

IMG_1823

A terceira parada foi na Igreja das Almas (Matriz Velha), construída em frente ao Cemitério Municipal em 1875, aonde se deu início na cidade de Piquete-SP.

E a quarta e última parada foi na Estação Ferroviária e Museu, que hoje é o Cartório Eleitoral. Essa estação de trem sempre foi um espaço funcional pra cidade, após 35 anos que parou sua atividade ferroviária, a chave foi entregue duas vezes para o Jongo de Piquete com o objetivo que se fizesse a Casa do Jongo ou até mesmo um espaço Cultural como um Centro de Referência do Jongo. Porém, as chaves foram entregues e dias depois recolhidas, com os argumento.

IMG_1835

” DEVOLVE AS CHAVES ”. Ou seja, o Jongo em Piquete continua sem sede.

Logo após a estação de trem, nos encaminhamos até a casa do Mestre Gil para iniciarmos nossos trabalhos formais, o registro das entrevistas.

IMG_1882

Chegamos e já fomos preparando os equipamentos…

Aos poucos foram chegando alguns membros do Jongo de Piquete que deram início na janta, enquanto começávamos a gravar.

A roda de conversa foi maravilhosa, muitas histórias de visões espirituais que nos deixaram mais curiosos, como uma comunidade Católica tem relação com a espiritualidade assim, tão forte rsrsrs.

IMG_1987

Tiramos a foto principal e partimos pra roda de jongo.

IMG_2055

Terminamos o Jongo e fomos todos jantar em comunhão. Que vivência boa rsrs. A frase de hoje é: “O jongo é banto, mas o tempo… é santo”.

IMG_2149

Saravá Piquete!

” Macaco pula galho,

Eu também quero pular,

Tatu tá cavucando,

Quero ver tamanduá ”

(Ponto da Comunidade Jongo Dito Ribeiro)

Bianca Lucia Martins Lopes, Comunidade Jongo Dito Ribeiro.

Fotos: Neander Heringer (Ponto de Cultura NINA)

Assista a entrevista na íntegra com a Comunidade Jongo de Piquete:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*