10ª FEIJOADA DAS MARIAS DO JONGO acontece no dia 22 de março e chama Coletiva de Imprensa para lançamento de livro e avaliação pública de sua caminhada

JongoDitoRIbeiro
Em março, as Marias da Comunidade Jongo Dito Ribeiro fazem aniversário e para comemorar fazem uma grande festa onde tod@s podem apreciar uma deliciosa feijoada preparada pelas mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, acompanhada pela boa música, vários amigos e parceiros de Campinas e região.Neste ano de 2015, a prática e o ritual tendo as mulheres como protagonistas no preparo da Feijoada das Marias estará no seu décimo ano e convoca uma Coletiva de Imprensa para avaliar essa caminhada e fortalecer a importância da história da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. No dia desta importante data, teremos também o lançamento do Livro: “Duas Marias e Uma Edite”, livro que conta a história da feijoada e outras histórias de nossa comunidade.

Todo recurso arrecadado neste evento Beneficente, é direcionado para ações sociais da comunidade e para manutenção de projetos culturais na Casa de Cultura Fazenda Roseira, sob gestão compartilhada da Associação do Jongo Dito Ribeiro e Secretaria Municipal de Cultura, que esta localizada no Residencial Parque da Fazenda, na periferia da região noroeste de Campinas, onde a Comunidade Jongo Dito Ribeiro firma-se nas tradições e rituais aprendidos pelos ensinamentos dos jongueiros velhos e pela família Dito Ribeiro. E que, cada vez mais, transita em outros universos culturais.

Feijoada das Marias do Jongo

As mulheres têm destacada importância na cultura afro-brasileira, inclusive para cuidar da tradição e dos segredos, assim com transmiti-los às novas gerações. E dentro da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, as mulheres  ocupam diversas funções de importância e reconhecimento dos demais.

Nessa perspectiva, desde 2005, iniciamos a Feijoada da Marias do Jongo que consiste, num encontro em homenagem as mulheres, onde todos podem apreciar uma deliciosa feijoada preparada pelas mulheres da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, acompanhada pela boa música, vários amigos e parceiros de Campinas e região.

Todo recurso arrecadado neste evento Beneficente, é direcionado para ações sociais da comunidade e para manutenção de projetos culturais na Casa de Cultura Fazenda Roseira, sob gestão compartilhada da Associação do Jongo Dito Ribeiro e secretaria Municipal de Cultura, que esta localizada no Residencial Parque da Fazenda, na periferia da região noroeste de Campinas, onde a Comunidade Jongo Dito Ribeiro firma-se nas tradições e rituais aprendidos pelos ensinamentos dos jongueiros velhos e pela família Dito Ribeiro e ainda transita em outros universos culturais.

A vivência da cultura do jongo, especialmente por crianças e adolescentes, é uma forma de alimentar e fortalecer o ciclo da cultura desta dança e da cultura negra em sua mais ampla diversidade em que participam velhos e crianças. Se antes as crianças aprendiam a cultura do jongo com certa distância, por serem proibidas de entrar na roda encantada do jongo, hoje podem aprender de perto esta cultura como forma de valorizar a cultura afro-brasileira e os laços comunitários para a constituição de sua identidade.

O Jongo

O jongo é composto por elementos de dança, batuque e canto. Suas matrizes vieram da região africana de Congo-Angola para o Brasil Colônia pelos negros de origem Banto que foram levados como escravos para o trabalho forçado nas fazendas de café do Vale do Paraíba e interior dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

Se antes o jongo era uma das poucas possibilidades de diversão e manifestação religiosa dos negros escravizados, hoje, como precurssor do samba, é manifestação afro-brasileira de resistência da reconhecida contribuição para a cultura brasileira.

Uma das formas de reconhecimento da importância do jongo como forma de expressão para a formação da identidade cultural brasileira foi o registro como patrimônio histórico do Brasil. Em 2005, as comunidades tradicionais que vivenciam a cultura do jongo nos dias de hoje estão organizadas na Rede de Memória Jongo Caxambu e receberam este registro do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural do Brasil (IPHAN).

Acompanhe nossos trabalhos pelos blogs:

https://comunidadejongoditoribeiro.wordpress.com/

http://www.fazendaroseira.blogspot.com.br/

http://jongocaxambu.org.br/

Serviço:
O que: 10ª Feijoada das Marias do Jongo

Quando: 22 de Março de 2015Onde: Casa de Cultura Fazenda Roseira – Ponto de Cultura Comunidade Jongo Dito RibeiroEndereço: Rua Domingos Haddad, S/n – Em Frente a Puc II – Dentro do Residencial Parque da Fazenda – Na Antiga Sede Da Fazenda Roseira

Horário do Almoço: 12h30 as 15h30.

Atividades Culturais:

DJ BARATA
ILCEI MIRIAM
ROBERTA OLIVEIRA
AURELUCE SANTOS
VALÉRIA SANTOS
COMUNIDADE JONGO DITO RIBEIRO

Feijoada Beneficente:

ANTECIPADO: R$ 25,00 (Até 14 de Março)
NA PORTA: R$ 50,00.

Contato e Mais Informações:

(19) 3227 5633
(19) 99134 3922
(19) 98106 7238
Email: alejongo@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*